Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

VISUAL ARTV - GALERIA MARCELO GUARNIERI - sala 1 | LIUBA sala 2 | Claudia Jaguaribe - Encontro com LIUBA

GALERIA  MARCELO GUARNIERI


Galeria Marcelo Guarnieri sala 1 | LIUBA sala 2 | Claudia Jaguaribe - Encontro com LIUBA abertura 15 de março de 2019 / 19h - 22h período de exposição 15 de março – 11 de maio de 2019  Alameda Lorena, 1835 São Paulo, Brasil



infowww.galeriamarceloguarnieri.com.br
A Galeria Marcelo Guarnieri apresenta na sua sede de São Paulo a segunda exposição individual da artista búlgara radicada brasileira LIUBA. A sala será ocupada por uma plataforma de blocos de concreto que servirá de base para as esculturas, posicionadas em diferentes níveis de altura, seguindo um projeto expositivo concebido pela artista. Além das esculturas, serão apresentados desenhos e relevos de parede, todos eles produzidos entre as décadas de 1960 e 1980. 



LIUBA  (1923, Sófia - Bulgaria, 2005, São Paulo - SP), chegou no Brasil em 1949 já para estabelecer um ateliê em São Paulo, onde viviam seus pais desde o ano anterior. Durante a década de 1950, a artista transitou por diversos países da Europa, das Amé…

VISUAL ARTV - PROGRAMAÇÃO MUSICAL SESC CAMPO LIMPO - MAIO 2016


Angélica Sansone -divulgação
logo-sesc-novo -b.jpg

Programação Musical
Sesc Campo Limpo - maio / 2016

DAMAS DA VOZ - Cantoras apresentam apurado repertório das vozes femininas nacionais e internacionais, exibindo diferentes estilos e timbres.

Angélica Sansone
Show Ela Canta Elis
Cantora da Banda Black Rio, Angélica Sansone apresenta o show Ela Canta Elis, uma homenagem a mais ilustre intérprete música popular brasileira. Angélica sempre sonhou com este momento. Desde pequena apreciava o trabalho de Elis por meio de sua mãe, também cantora apaixonada pela “Pimentinha”. Aos três anos Angélica Sansone já cantava no coral gospel da sua igreja. Mudou-se para a Europa, iniciou a carreira aos 13 anos, onde foi backing vocal de artistas como Roberto Leal, Dulce Pontes e Iara Lee. De volta ao Brasil, aos 18 anos, cantou com Negritude Junior, Sem Compromisso, Alcione, Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, Rick e Renner, Christian e Ralfe outros, além de participar da gravação de discos de Zezé de Camargo e Luciano, Sérgio Reis, Seu Jorge, DJ Marlboro e outros. Ao lado do compositor mineiro Tunai, participou do projeto As Canções Que Eu Fiz Para Ela, também cantando Elis. Com a Black Rio, dividiu o palco com Eelza Soares, Ed Motta, Tony Tornado, Paula Lima, Hyldon e outros.
Grátis. Livre
14/05. Sábado, às 20h

Divazz
O trio vocal Divazz - formado por Graça Cunha (Banda Altas Horas), Nanny Soul (Banda Altas Horas) e Corina Sabbas (Sexo & as Negas) - convida as instrumentistas Paula Padovani (bateria), Anna Tréa (guitarra e voz), Fernanda Horvarth (contrabaixo) e Anette Camargo (piano e voz) para um show totalmente dedicado às grandes compositoras e intérpretes do Brasil e do mundo. No repertório, músicas de Rita Lee, Cassia Eller, Frenéticas, Elis Regina, Amy Winehouse, Tina Turner, Aretha Franklin, Nina Simone e outras.
Grátis. Livre
15/05. Domingo, às 18h

SESC NA VIRADA CULTURAL 2016 - Nos dias 21 e 22 de maio, 24 horas de atividades culturais e artísticas agitam diversas unidades do Sesc da capital paulista.

Show / intervenção

Recepção Chic Show
Com Equipe Chic Show
Intervenção que rememora personagens que fizeram seu estilo no auge dos bailes blacks nas décadas de 1970 e 1990, quando a estética e o estilo foram marcadores sociais na construção da identidade negra.
Grátis. Livre
21 e 22/05. Sábado, das 18h às 23h59. Domingo, das 16h às 20h

Discotecagem Chic Show
Convidada / show: Sandra de Sá
Com Equipe de Baile Chic Show
Reprodução de um baile dançante com DJ’s que serão responsáveis pelas músicas e prometem animar o público, seja para dançar os passinhos separados ou dançar coladinho. Manipular os discos com as mãos, voltar, avançar e acelerar as músicas criando efeitos denominados de scrach, será a onda da Discotecagem Chic Show. A festa começa às 20h30 no sábado e termina às 23h59 com direito a show da cantoraSandra de Sá, às 21h30. No domingo vai das 17h às 18h. Dona de uma personalidade marcante e um timbre de voz singular, Sandra de Sá interpretou canções que se tornaram verdadeiros hits da nossa música, não só fazem parte da sua identidade como também contam um pouco da realidade vivida com uma visão alegre e otimista. Em seus 35 anos de carreira, conhecida como a Rainha do Soul Brasileiro, preparou um show especial para seus fãs.
Grátis. Livre
21 e 22/05. Sábado, das 20h30 às 23h59. Domingo, das 17h às 18h
21/05. Sábado, às 21h30 – show com Sandra de Sá

Bate-papo

Os Bailes Além da Música
Com Equipe Chic Show
Roda de conversa sobre os bailes blacks paulistano com destaque à importância deste movimento tanto para a música quanto para uma grande parcela da juventude negra residente na cidade de São Paulo. Uma vez que esses eventos emergiram na cena do entretenimento noturno da cidade não apenas como uma simples forma de lazer e recreação, mas também como espaços de produção de identidades, e de consumo de elementos estéticos e poéticos produzidos e atrelados à cultura jovem da black music norte-americana, vetor de produção de novas sonoridades e atitudes comportamentais, bem como mobilidade e apropriação do espaço urbano.
Grátis. Livre
21/05. Sábado, das 18h às 19h30

Clube do Balanço
O grupo que “reinventou” o samba rock, ritmo legitimamente brasileiro, nascido nos bailes negros da periferia da cidade de São Paulo, mostra todos eu ritmo e suingue no Sesc Campo Limpo. O Clube do balanço surgiu, em 1999, pela união de músicos que compartilham a mesma admiração pelo gênero musical. Em pouco tempo, mobilizaram centenas de pessoas que nunca tinham ouvido falar da dança, deste estilo diferente de samba, tão pouco da tradição dos bailes do gueto. O show do Clube do Balanço apresentava a velha novidade: o samba rock.
Grátis. Livre
22/05. Domingo, às 18h

NOITE DOS TAMBORES - Encontro que traz panorama significativo da diversidade rítmica percussiva de diversas matizes em ações culturais da Zona Sul de São Paulo.

Show

Malê Debalê
Bloco percussivo e de dança apresenta um pouco da cultura baiana. Este bloco afro de carnaval da Bahia foi criado com inspiração na população descendente dos Malês, povo de origem africana de religião muçulmana que lutaram na Revolta dos Malês contra o sistema escravocrata brasileiro. 
Grátis. Livre
29/05. Domingo, às 18h

Intervenções

Tambor e Educação
Apresentação artística e bate-papo sobre o uso do tambor como uma ferramenta educativa.
Grátis. Livre
17 a 20/05. Terça a sexta, das 14h às 16h30

Samba de Roda de Pirapora
Bumbos e Batuques de Pirapora fundaram o samba paulistano. As formas de samba que praticavam nas diferentes regiões do Brasil, também eram praticados em Pirapora para festejar o Santo: era samba de umbigada, samba de lenço, jongo e o tambu, entre outros. A forte presença da zabumba (bumbo) que fazia o compasso do ritmo da dança, aos poucos provocou a fusão da denominação dos Sambas que se praticavam nos barracões de Pirapora como samba de bumbo ou samba de Pirapora que Mario de Andrade preferiu chamar de “Samba Rural Paulista”.  
Grátis. Livre
28/05. Sábado, às 20h


SERVIÇO

Sesc Campo Limpo
Horário/Unidade: Terça a sábado, das 13h às 22h. Domingos, das 11h às 20h.
Endereço: Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120.
Campo Limpo – São Paulo/SP. Tel.: (11) 5510-2700.
Espetáculos: classificação livre - Local: área externa - Capacidade indeterminada

Informações à imprensa:

Sesc Campo Limpo
Juci Fernandes e Silvio Basilio
Tel: (11) 5510-2735 - imprensa@campolimpo.sescsp.org.br

Verbena Comunicação
Eliane Verbena / Deborah Zanette
Tel: (11) 2738-3209 / (11) 99373-0181 - verbena@verbena.com.br




IMAGENS
Clube do Balanço -foto de Kika Silva

DIVAZZ -divulgação


Malê Debalê - dança de blocos afros -foto de Mário Sérgio

Roda de Samba de Pirapora -divulgação

Sandra de Sá - divulgação



Comentários