Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

VISUAL ARTV - “Ninfas do Tietê” e “Amores que abrem a Terça Aberta no Kasulo

“Ninfas do Tietê” e “Amores que |  |” abrem a Terça Aberta no Kasulo                                                                                                               “Amores que |  |” – Foto Florido A primeira Terça Aberta no Kasulo do ano traz dois trabalhos inusitados: “Ninfas do Tietê”, uma videoperformance, com direção de Sol Faganello e Tati Caltabiano, criada a partir das poesias (ou cantos) de Natália Nolli Sasso, que integram o livro homônimo lançado em 2018 pela Editora Moinhos (BH); e “Amores que |   |”, trabalho ainda em processo de investigação, dirigido pelo artista multimídia Florido com outros seis performers convidados. Nem musas nem divas, as Ninfas do Tietê são figuras que vivem às margens do rio que atravessa São Paulo. Exibida pela primeira vez na Mostra Solo // Mulheres, (Teatro Conteiner), no lançamento do livro de Natália Nolli Sasso, a vídeoperformance traz, além da autora do livro e as duas diretoras, mais quatro intérpretes-criadores -  Ana Zeppa, Cí…

VISUAL ARTV - TEATRO BRIGADEIRO - A.M.A.D.A.S - Associação de Mulheres que Acordam Despencadas



A.M.A.D.A.S
Associação de Mulheres 
A.MA.D.A.S
que Acordam Despencadas

Após 10 anos sem fazer peça na cidade de São Paulo, a atriz Elisabeth Savala retorna aos palcos da capital paulista para uma curta temporada do espetáculo A.M.A.D.A.S – Associação de Mulheres que Acordam Despencadas, de Regiana Antonini. A comédia estreia no dia 10 de setembro no Teatro Brigadeiro.

Através de um humor histriônico e contagiante, o espetáculo coloca em discussão algumas das questões mais importantes sobre a condição da mulher modernao texto enfoca a via crucis de uma mulher que chega à meia-idade pressionada pelas demandas de uma sociedade cada vez mais fútil e superficial.

A protagonista expõe em uma reunião da A.M.A.D.A.S, suas inseguranças e angústias geradas pela impossibilidade de conservar o visual e o comportamento típicos da juventude a essa altura da vida.

Com efeito, a camada social onde a protagonista se movimenta vive de aparências e está sempre pronta a condenar quem não cultiva essa imagem à custa de academias, salões de estética, cirurgias, botox, silicone, etc.

Embora refratária a essa ideologia, Regina Antonia introjeta completamente os valores da sociedade em que vive, e se pune e se recrimina por não atender essas exigências, chegando a se rebelar contra o marido que a aceita como ela é.

Assim o espetáculo coloca o dedo na ferida de mulheres a caminho da maturidade, usando uma linguagem atual e inteligente e, principalmente, bem humorada através da sátira hilariante aos mitos e obsessões de nossa época.

FICHA TÉCNICA:

Texto: Regiana Antonini
Direção: Luiz Arthur Nunes
Elenco: Elizabeth Savala
Produção: Camilo Áttila
Assessoria de imprensa: Fabio Camara
Realização: ESCA Produções Artísticas

SERVIÇO:

LOCAL: Teatro Brigadeiro, Av. Brigadeiro Luís Antônio, 884 – Bela Vista 700 lugares, acesso a deficiente. Próximo ao metro São Joaquim.
DATA: 10/09 até 13/11 (Sábado às 21h e Domingo às 19h)
INFORMAÇÕES: 3115 2637  ou 3107 5774 www.teatrobrigadeiro.com.br
INGRESSOS: R$ 90,00 (Somente cartões de débito)
VENDAS PELA INTERNET: www.ingresso.com.br  ou 4003 2330
DURAÇÃO:  80 min
CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

Comentários