Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

VISUAL ARTV - PINA - DOMINIQUE GIGLIOT LE JUMELAGE (A geminação), 2018

VISUAL ARTV / SESC CAMPO LIMPO - VÂNIA BASTOS "CONCERTO PARA PIXINGUINHA " EM SP




Vânia Bastos retorna a São Paulo com “Concerto para Pixinguinha”, no Sesc Campo Limpo, 08/04, em show gratuito!

Vânia Bastos retorna a São Paulo com “Concerto para Pixinguinha”, no Sesc Campo Limpo, 08/04, em show gratuito!

O trabalho, considerado um dos melhores de 2016, é uma parceria da intérprete com o baixista e diretor musical Marcos Paiva

Uma das cantoras mais importantes da MPB, Vânia Bastos, chega ao Sesc Campo Limpo no próximo dia 08 de abril, sábado, às 20h em apresentação gratuita. A intérprete apresenta seu novo e consagrado show, “Concerto para Pixinguinha”, baseado no disco homônimo, considerado um dos melhores de 2016.

Ao lado do quarteto liderado pelo baixista Marcos Paiva, diretor musical do projeto, a cantora apresentará alguns dos clássicos do compositor carioca, como a valsa “Rosa”, o samba “Urubu Malandro” e o clássico “Carinhoso”, que completa 100 anos neste ano de 2017.

No roteiro também constam canções menos conhecidas, como “Mundo Melhor”, “Isso é que é Viver” e “Fala Baixinho”. Sobre o homenageado, Marcos Paiva disserta: “Ele é tratado popularmente como gênio, além de ser tema de estudos acadêmicos, mas tem mais valor hoje que no final de sua vida. Apesar do grande prestígio, nos anos 30 e 40, quando o entretenimento começou a ser mais valorizado, houve um ‘embranquecimento’ do mercado. E por fatores históricos, Pixinguinha e sua turma se tornaram ‘tradição da cultura nacional’, que necessitava se modernizar”, explica.

O show em homenagem ao compositor segue na estrada desde 2013, mas foi em 2016 que ganhou registro em CD.

Vânia, que prepara o primeiro videoclipe de sua carreira, já rodou o Brasil com o show, e volta agora a São Paulo quase oito meses após a estreia da turnê de lançamento do disco, em 2016, no Teatro J. safra.

Desde lá, já passou por várias cidades do país. Ao lado de Marcos Paiva, Vânia conta ainda com a presença dos músicos Nelton Essi (vibrafone), César Roversi (sopros) e Jônatas Sansão (bateria).

Opiniões da imprensa:

 "Ao se deter sobre a obra do genial compositor carioca, um dos pais da música popular brasileira, Vânia Bastos, na companhia do contrabaixista Marcos Paiva, concebeu um dos melhores discos lançados em 2016", Por Irlam Rocha – Correio Braziliense, 10/10/2016.


“Com o toque refinado do Marcos Paiva Quarteto, Vânia Bastos dá voz com segurança a Gavião calçudo, Rosa e Fala baixinho. (…) A abordagem resulta classuda e jamais trai a obra de Pixinguinha. ” (Mauro Ferreira - site G1/Música)


“Os arranjos de Marcos Paiva são de uma delicadeza que, de fato, se encaixam com perfeição com a interpretação aveludada – e versátil – de Vânia Bastos. ” (Adriana Del Ré – O Estado de S. Paulo)


SERVIÇO:

SESC Campo Limpo apresenta: Vânia Bastos & Marcos Paiva – Concerto para Pixinguinha
Data: 08 de abril - Sábado
Local: Sesc Campo Limpo – R. Nossa Sra. do Bom Conselho, 120 - Vila Prel
Horário: 20h
Preço do ingresso: Grátis



Saiba mais sobre:

Vânia Bastos

É considerada uma das maiores cantoras do Brasil. Tornou-se conhecida inicialmente por seu trabalho na banda Sabor de Veneno, de Arrigo Barnabé, com quem gravou discos importantes como Tubarões Voadores (1984). Em seus 30 anos de carreira, lançou mais de uma dezena de discos, alguns dedicados às obras de Tom Jobim, Caetano Veloso e à turma do Clube da Esquina. Três foram lançados no Japão e quatro na Europa. Seu último trabalho, “Na Boca do Lobo”, mostra a obra singular do compositor Edu Lobo. 
Marcos Paiva

Baixista, compositor e arranjador paulista, tem um trabalho próprio de música instrumental, com vários discos, entre eles ‘Meu Samba no Prato - Tributo a Edison Machado’ (2012), uma homenagem ao carioca Edison Machado (1934 – 1990), que rendeu críticas positivas na Folha de S. Paulo, O Globo e Rolling Stone, por destacar essa ‘lenda’ da bateria brasileira. Atua ao lado de artistas como Bibi Ferreira e Zizi Possi, além do cubano Fernando Ferrer e da portuguesa Teresa Salgueiro, com quem viajou pela América e Europa.

Pixinguinha

Compositor, orquestrador, flautista e saxofonista, Alfredo da Rocha Viana Filho, além de compor obras que se tornaram clássicos da música popular, fez orquestrações para cinema e teatro, e arranjos para intérpretes famosos da época, como Carmen Miranda. É parceiro de Braguinha, Vinicius de Moraes e Hermínio Bello de Carvalho. Nos anos 1920, fundou o grupo Oito Batutas, que foi o primeiro regional brasileiro a sair do país para uma excursão internacional. Foram para a Europa para passar 30 dias, mas o sucesso foi tanto que ficaram seis meses.
Vídeo de "Carinhoso", no Teatro J. Safra:


VISUAL ARTV -FONTE DO VÍDEO : YOU TUBE CANAL VÃNIA BASTOS:
LINK:https://www.youtube.com/channel/UCiT1cqHgwS3A-uerLcRQJgw

11 - 2478 - 5740
11 - 96062 - 2659 (Tim)
11 - 97189 - 7425 (Vivo)



  VISUAL ARTV:

Comentários