Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

VISUAL ARTV - Plataforma Shop Sui dança dois novos trabalhos no Centro de Referência da Dança

Plataforma Shop Sui dança dois novos trabalhos no Centro de Referência da Dança                                                                                  Foto Leandro Moraes (O Boi Voador)

Em temporada de duas semanas, de 11 a 20/7 (quintas, sextas e sábados, às 19h), a Plataforma Shop Sui apresenta no Centro de Referência da Dança – CRDSP – espetáculo com duas coreografias: a remontagem de “Meu Doce Estimado”, criada originalmente para o Cesta de Dança, projeto da Quasar Companhia de Dança (2012), e o mais recente trabalho, “O Boi Voador”,solo de Fernando Martins, bailarino e diretor da companhia. A entrada é gratuita. “Meu Doce Estimado” fala da relação entre dois indivíduos estagnados pelas dificuldades de comunicação, que os levam para um universo mais visceral onde atitudes humanas e animais se perdem na sua realidade estabelecida. Inspirado em fragmento de texto de Clarice Lispector e em ação da própria escritora, que reescreve seu próprio texto, re-lido entre haspas em outro…

VISUAL ARTV - Comédia Implosão mostra o avesso de questões familiares





flyer.jpgConvite
Estreia
Implosão
Direção Eli Barcellos
Texto: Christiano Aro, Rebeca Leite, André Vasconcellos e Jecimar Padilha
Com: Eli Barcellos, Mony Gester, Mitsuru Yamada e Ana Paula Mafra
Dia 1º de junho. Quinta-feira, às 21h
Sala Cauby Peixoto (Bar Frango com Tudo)
Rua Canuto do Val, 115 – Vila Buarque/SP

Para reservar seu convite, retorne esta mensagem ou ligue para a Verbena Assessoria (2738-3209 / 99373-0181, com Eliane ou João Pedro).

LogoVerbena-branco.jpg
Comédia Implosão mostra o
avesso de questões familiares

A comédia romântica Implosão, dirigida por Eli Barcellos, estreia no dia 1º de junho, quinta-feira, na Sala Cauby Peixoto do Bar Frango com Tudo, às 21 horas. Escrita conjuntamente por Christiano AroRebeca LeiteAndré Vasconcellos e Jecimar Padilha, a peça fala de um casal de personalidades bem diferentes que tem que lidar com fortes e hilárias questões familiares. No elenco, Eli Barcellos, Mony Gester, Mitsuru Yamada e Ana Paula Mafra.

A relação aparentemente tranquila entre Carlos (Eli Barcellos) e Jana (Mony Gester), que vivem juntos há cerca de três anos, é bruscamente afetada por uma notícia que cai como bomba na vida dele, colocando em cheque os valores em que ele acredita. As diferenças entre eles vêm à tona, desencadeando uma implosão de conceitos pré-estabelecidos. O casal vai viver na prática o ditado popular sobre o casamento: quando duas pessoas se casam, o casamento é também com a família de seu cônjuge.

O termo implosão significa o método usado para destruir as bases de uma construção de dentro para fora, sem que os arredores sejam atingidos. O diretor Eli Barcellos explica que é dessa forma que Jana, Carlos e suas famílias tentam lidar com os conflitos.  “Cada um é conduzido - de forma muito bem humorada - a uma espécie de divã ao dividir com a plateia seus traumas, frustrações e dificuldades por meio das questões levantadas em cena”, comenta. A peça é um convite para espionar não apenas a intimidade de um casal em crise, mas também suas individualidades mais secretas.

Apesar das inúmeras diferenças do casal, o que mais atraiu Carlos, inconscientemente, foi o jeito autoritário e dominador de Jana, tão semelhante à personalidade de sua mãe. Ela viu nele mais que um companheiro: um garoto a quem pode oferecer todo o cuidado e a dedicação que nunca teve. Porém ela nunca aceitou se casar oficialmente, e sua relação com a sogra é das piores possíveis.

No enredo de Implosão, Carlos volta de uma visita à casa dos pais, em Sorocaba, com a notícia da separação deles, fato que ele não consegue aceitar de forma alguma. Para potencializar sua revolta, descobre que o pai tem uma amante, e a situação fica cada vez mais complicada quando o casal descobre quem é a tal amante. Desolado, Carlos busca consolo no inconsequente Brunão (Mitsuru Yamada), com quem tem uma esfuziante amizade desde a infância. Situações para lá de engraçadas se sucedem colocando em cheque os valores morais e sociais das personagens: Jana desconfia da relação do marido com o amigo; Brunão vai parar no hospital com overdose; e Fabíola (mãe de Jana, interpretada por Ana Paula Mafra) aparece para uma visita com seu jeito despachado de ser, colocando ainda mais lenha nessa fogueira.

Ficha técnica / serviço

Texto: Christiano Aro, Rebeca Leite, André Vasconcellos e Jecimar PadilhaArgumento: Christiano AroDireção: Eli BarcellosElenco: Eli Barcellos (Carlos), Mony Gester (Jana), Mitsuru Yamada (Brunão) e Ana Paula Mafra (Fabíola)Atriz stand-in: Giovanna LiguoriDesign gráfico: Iago SartiniMaquiagem: Marcos Gaspar, Denise Copedê e Cláudio OgawaVisagismo e hair style : Lucio Matias.Produção executiva: Eli Barcellos e Ivanna SerraAssistência de produção: Felipe Venites e Gisele WinterOperação de som e luz: Fabio MaltezFotografia: Léo MouraTratamento de imagem: Renato Domingos FotografiaAssessoria de imprensa: Verbena ComunicaçãoProdução e realização: Barcellos’Produções

Espetáculo: Implosão
Estreia: 1º de junho. Quinta, às 21 horas
Sala Cauby Peixoto (Bar Frango com Tudo)
Rua Canuto do Val, 115. Vila Buarque. São Paulo/SP
Informações: (11) 97407-2126
Temporada: 1º de junho a 20 de agosto, quintas (21h) e domingos (19h)
Ingressos: R$ 50,00 (meia: R$ 25,00).
Bilheteria: 1h antes das sessões. Aceita dinheiro.
Duração: 50 min. Gênero: Comedia. Classificação: 14 anos. Capacidade: 100 lugares.
Não faz reservas. Não possui acessibilidade. Ar condicionado.

Assessoria de imprensa: VERBENA Comunicação

Eliane Verbena
Tel: (11) 2738-3209 / 99373-0181 - verbena@verbena.com.br

Área de anexos

Comentários