Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

VISUAL ARTV - Com “Urbaninhas”, XII Visões Urbanas se despede da cidade

Com “Urbaninhas”, XII Visões Urbanas se despede da cidade
 “Sr. Calvino”, da Cia Artesãos do Corpo, que encerra o VU, em São Paulo, na Casa das Rosas.Foto Fábio Pazzini
Nesta sexta, dia 19 de abril, o XII festival internacional Visões Urbanas, que desde o início do mês vem espalhando dança em espaços abertos pela cidade, se despede de São Paulo com o “Urbaninhas”, uma programação voltada especialmente para o público infantil. Em um cenário não menos especial - os belos jardins da Casa das Rosas -, a partir das 11h, se apresentam o Grupo Caixa de Imagens, com a delicada boneca Gilda, em “Travessia”, seguido da criação de Lara Dau Vieira, “O Corpo no Desenho”, e por último, “Sr. Calvino”, da Cia Artesãos do Corpo, que concebe e produz o Festival anualmente. Na delicadeza de melodias executadas ao vivo por Carlos Gaúcho, a pequena boneca Gilda, de aproximadamente 10 cm, tem como cenário o vestido de quem a manipula - a atriz  Mônica Simões -, e quer dar uma flor para quem interagem com ela.…

VISUAL ARTV - Exposições em SP marcam início das celebrações pelos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida




Exposições em SP marcam início das celebrações pelos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida  
  
Duas exposições na capital paulista marcam o início das festividades pelos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida nas águas do rio Paraíba do Sul, na cidade de Aparecida (SP). “Aparecida do Brasil” e “300 anos de Devoção Popular” estão sendo montadas pelo Museu de Arte Sacra de São Paulo (MAS), em parceria com a Arquidiocese de São Paulo (SP) e o Santuário Nacional, e serão inauguradas no dia 21 de setembro, às 11h (informações nos releases anexos). 

A programação dos eventos que celebram os 300 anos de Aparecida pode ser conferida no site do Santuário Nacional – http://www.a12.com/santuario/300-anos#programacao 


"Nossa Senhora Aparecida", Paulo von Poser (2012)
​ 

Aparecida de São Paulo – elo histórico 
 A cidade de São Paulo tem uma ligação histórica estreita com o Santuário Nacional. Em 1717, quando foi encontrada a imagem da Padroeira do Brasil, todo o Estado de São Paulo pertencia à então Diocese do Rio de Janeiro (RJ). Com a criação da Diocese de São Paulo (SP), em 1745, que depois foi elevada a arquidiocese, em 1908, Aparecida passou a fazer parte de seu território. Somente em 1958, foi criada, pelo Papa Pio XII, a Arquidiocese de Aparecida. Também foi da Arquidiocese de São Paulo que veio o primeiro arcebispo de Aparecida, o Cardeal Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, até então arcebispo de São Paulo. 
 Foi o primeiro arcebispo de São Paulo, Dom Duarte Leopoldo e Silva, que, em 1908, obteve do Papa Pio X a concessão do título de Basílica Menor para a primeira igreja construída em 1745, popularmente conhecida como “Basílica Velha”. Nessa ocasião, Dom Duarte também celebrou a dedicação do templo. 
 Até a chegada dos primeiros missionários redentoristas, em 1894, o atendimento pastoral e espiritual da Basílica de Aparecida ficou aos cuidados do clero da Diocese de São Paulo. O lançamento da pedra fundamental do Santuário Nacional, a “Basílica Nova”, aconteceu em 10 de setembro de 1946 e a construção do templo iniciou-se em 11 de novembro de 1955. 




Imagens (300 Anos de Devoção Popular): http://bit.ly/2y5YcM0
Imagens (Aparecida do Brasil): http://bit.ly/2eWhHOR

Comentários