Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

VISUAL ARTV - Plataforma Shop Sui encerra temporada de “Behind the Clothes”, no Kasulo

Plataforma Shop Sui encerra temporada de “Behind the Clothes”, no Kasulo

 Foto Leandro Moraes 

“Behind the Clothes”, criação da Plataforma Shop Sui, que transpõe para a cena movimentos de condicionamento do homem e os dispositivos da sociedade de consumo, faz últimas apresentações neste final de semana, no Kasulo Espaço de Cultura e Arte. A entrada gratuita. Com direção do bailarino e pesquisador Fernando Martins,“Behind the Clothes” reproduz diferentes traços de uma personalidade consumida por um sistema de repetição, onde movimentos, ações e reações parecem tão naturais que passam desapercebidos, mas escondem uma secreta linguagem. Como um reflexo do meio social, onde sucessivas e repetitivas representações condicionam o corpo, a rotina diária manifesta questões que impulsionaram os estudos do trabalho e a conversão dessa sensação em movimentos. Originalmente concebido como solo, em 2006, na Random Collision, organização fundada na Holanda, em parceria com outros seis coreógrafos, para da…

VISUALARTV - ESPAÇO PARLAPATÕES - Melodrama da Meia Noite






Melodrama da
 Meia Noite

Comemorando os 10 anos do espetáculo “Melodrama da Meia Noite” a Companhia Melodramática do Rio de Janeiro chega a São Paulo para uma curta temporada a partir do dia 16 de setembro no Espaço Parlapatões.

A peça traz à cena a investigação dos elementos que constituem o gênero teatral nascido na França no século XIX e exportado para o Brasil através do circo e de importantes companhias teatrais. Alguns atores que ajudaram a difundir o gênero no Brasil foram Leopoldo Froes, Procópio Ferreira e Dulcina de Morais, entre outros.

O espetáculo estrutura-se a partir do “jogo do Gaulier”, criado com base na experiência do diretor École Philippe Gaulier em Paris (2008), instituição direcionada à formação de atores. O jogo consiste numa apresentação dos tipos melodramáticos, como o sofredor, o apaixonado e o vilão através de exercícios que estimulam os gestos típicos desses personagens.

Após essa apresentação, conduzida pelo diretor da Companhia, Paulo Merísio, na figura de Monsieur, inicia-se, então, com a antiga brincadeira de “tudo que seu mestre mandar, faremos todos”, a criação improvisada de uma trama, a partir da acusação do ator que fizer uma ação não comandada pelo Monsieur.  

Apreciando temas frequentes no melodrama – conflitos familiares, amores impossíveis, crianças trocadas, revelações, filhos ilegítimos –, os atores executam jogos teatrais baseados no gênero francês. Para dar desfecho à história estabelecida, insere-se o jogo do ‘detetive e assassino”, onde a figura do detetive precisa desvendar as mortes misteriosas que começam a surgir no enredo. Além desses dois novos personagens, surge também a figura do cantor, que enfatiza o caráter musical do melodrama.

Ao fazer a incursão ao clássico, o público se transforma em “povo de Paris” participando ativamente do espetáculo. Durante a encenação, os espectadores podem jogar bolas de meia nos atores caso não gostem da atuação melodramática ou lançar moedas para o palco como elogio à interpretação, além de ter o poder de decidir o destino de personagens que estão sob acusação.

Sinopse:

Espetáculo de improvisação em que os atores executam jogos teatrais com situações melodramáticas. Vilão, mocinho e sofredor desenvolvem a dramaturgia a partir de temas comuns ao gênero – conflitos familiares, amores impossíveis, crianças trocadas, revelações – e fazem o desfecho a partir do jogo do “detetive e assassino”. Durante a encenação, o público, na figura de “povo de Paris”, pode jogar bolas de meia nos atores caso não gostem da atuação melodramática ou lançar moedas para o palco como elogio à interpretação.

FICHA TÉCNICA:

Texto: improvisação coletiva a partir do gênero melodramático
Direção: Paulo Merísio
Elenco: Adriana Albuquerque, Henrique Moretzsohn, Gloria Diniz, Gui Terreri, Leonardo Vasconcelos, Paulo Merísio, Virgínia Castellões e Wesley May.
Participações especiais: Gabriela de Paula, Igor Veloso, Leonardo Paixão, Maria de Maria, Ricardo Augusto e Rita Von Hunty.
Figurinos: Luna Santos
Iluminação: Thiago Monte
Operação de som: Lorrana Mousinho
Fotos: Paulo Henrique Lima e Bia Hebstrith
Assessoria de imprensa: Fabio Camara
Produção: Adriana Albuquerquer, Gloria Diniz e Leonardo Vasconcelos
Realização: Cia. Melodramática do Rio de Janeiro


SERVIÇO:
LOCAL: ESPAÇO PARLAPATÕES – Praça Franklin Roosevelt, 158 – Centro. 98 lugares.
DATA: 16/09 até 28/10 (Sábado 23h59)
INFORMAÇÕES: (11) 3258-4449
INGRESSOS: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia)
DURAÇÃO: 70 minutos
CLASSIFICAÇÃO: livre

Comentários