Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

VISUAL ARTV - Com “Urbaninhas”, XII Visões Urbanas se despede da cidade

Com “Urbaninhas”, XII Visões Urbanas se despede da cidade
 “Sr. Calvino”, da Cia Artesãos do Corpo, que encerra o VU, em São Paulo, na Casa das Rosas.Foto Fábio Pazzini
Nesta sexta, dia 19 de abril, o XII festival internacional Visões Urbanas, que desde o início do mês vem espalhando dança em espaços abertos pela cidade, se despede de São Paulo com o “Urbaninhas”, uma programação voltada especialmente para o público infantil. Em um cenário não menos especial - os belos jardins da Casa das Rosas -, a partir das 11h, se apresentam o Grupo Caixa de Imagens, com a delicada boneca Gilda, em “Travessia”, seguido da criação de Lara Dau Vieira, “O Corpo no Desenho”, e por último, “Sr. Calvino”, da Cia Artesãos do Corpo, que concebe e produz o Festival anualmente. Na delicadeza de melodias executadas ao vivo por Carlos Gaúcho, a pequena boneca Gilda, de aproximadamente 10 cm, tem como cenário o vestido de quem a manipula - a atriz  Mônica Simões -, e quer dar uma flor para quem interagem com ela.…

VISUAL ARTV - MAC - Visões da Arte no Acervo do MAC USP: 1900-2000



 VALE CONFERIR




A exposição Visões da Arte no Acervo do MAC USP: 1900-2000 acaba de receber a obra Champs de Mars: A Torre Vermelha, (1911/23), do artista francês Robert Delaunay (1885-1941). Apresentando ao público um panorama da arte do século 20 a partir do acervo do Museu, a exposição reúne trabalhos de artistas como Modigliani, kandinsky, Picasso, Matisse, Paul Klee, Anita Malfatti, Di Cavalcanti, Brecheret, Waldemar Cordeiro e Tarsila do Amaral, entre tantos outros.

A obra de Dalaunay chega ao MAC USP como contrapartida ao empréstimo de A Negra e Floresta, ambas de Tarsila do Amaral, que vão integrar individuais da artista brasileira no Art Institute de Chicago (AIC) e no MOMA de Nova Iorque até junho de 2018. O óleo sobre tela de Dalaunay, que hoje pertence ao acervo do AIC, foi adquirido pela própria Tarsila na década de 1920, e pôde ser admirada por muitos artistas do movimento modernista até ser vendida, décadas depois. Pelos próximos meses, os visitantes do MAC USP poderão visitar A Torre Vermelha gratuitamente, de terça a domingo, no sétimo andar do museu, ao lado de algumas das obras icônicas do acervo.

Ainda no MAC:
_Instauração do Moderno
_Samson Flexor: Traçados e Abstrações
_MAC USP no Século XXI -  A Era dos Artistas
_A Casa
_Vizinho Distantes – Arte da América Latina no Acervo do MAC USP
_Marcelo Zocchio – Somente o Necessário
_Reserva em Obras
_Visualidade Nascente 2017

Museu de Arte Contemporânea da USP
Terça das 10 às 21 horas, quarta a domingo das 10 às 18 horas
Entrada gratuita




SÉRGIO MIRANDA - jornalista
comunicação institucional
Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo
11 I 2648.0299 I smiranda@usp.br

mac

imprima com responsabilidade

Comentários