Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

VISUAL ARTV - “Ninfas do Tietê” e “Amores que abrem a Terça Aberta no Kasulo

“Ninfas do Tietê” e “Amores que |  |” abrem a Terça Aberta no Kasulo                                                                                                               “Amores que |  |” – Foto Florido A primeira Terça Aberta no Kasulo do ano traz dois trabalhos inusitados: “Ninfas do Tietê”, uma videoperformance, com direção de Sol Faganello e Tati Caltabiano, criada a partir das poesias (ou cantos) de Natália Nolli Sasso, que integram o livro homônimo lançado em 2018 pela Editora Moinhos (BH); e “Amores que |   |”, trabalho ainda em processo de investigação, dirigido pelo artista multimídia Florido com outros seis performers convidados. Nem musas nem divas, as Ninfas do Tietê são figuras que vivem às margens do rio que atravessa São Paulo. Exibida pela primeira vez na Mostra Solo // Mulheres, (Teatro Conteiner), no lançamento do livro de Natália Nolli Sasso, a vídeoperformance traz, além da autora do livro e as duas diretoras, mais quatro intérpretes-criadores -  Ana Zeppa, Cí…

VISUAL ARTV - Festival Contemporâneo de Dança e Cartografia do Possível no Centro de Referência da Dança de São Paulo




Festival Contemporâneo de Dança e Cartografia do Possível
no Centro de Referência da Dança de São Paulo
  Imagem inline 3
                                                           Foto: Rodrigo Eloi Leão (A Emparedada – Eliana de Santana)


O Centro de Referência da Dança – CRDSP – acolhe, nesta quinta e sexta (16 e 17/11), o Festival Contempórâneo de Dança,  com o solo da intérprete e coreógrafa Eliana de Santana, "A Emparedada da Rua Nova", baseado na obra homônima do escritor e jornalista Carneiro Vilela (1846-1913), que relata o caso de uma jovem engravidada pelo namorado e emparedada viva em seu próprio quarto a mando de seu pai. O espaço apresenta ainda duas companhias dentro do programa “Cartografia do Possível”: o Núcleo Cor de Amora, dirigido por Cibele Ribeiro, com a intervenção cênico-musical “Imatéria” (quinta, 16), oNúcleo Mercearia de Ideias, de Luiz Fernando Bongiovanni, em “Breve Compêndio para Pequenas Felicidades e Satisfações Diminutas” (sábado,18).

Embora o romance de Carneiro Vilela retrate com vivacidade a sociedade recifense do final do século XIX, é o seu desfecho macabro, o relato do emparedamento, que faz perpetuar a lenda – os recifenses mais antigos acreditam na vercidade da história. A peça coreográfica de Eliana de Santana nasce desse lugar sugerido pelo imaginário popular: os rumores sobre aparições, presenças momentâneas, espectros, fantasmas. “A Emparedada da Rua Nova” é uma investigação no corpo e na cena sobre a condição feminina, o tema da morte e o sobrenatural. 

Para a criação de “Imatéria”, Cibele Ribeiro e o Núcleo Cor de Amora, que agrega pessoas e processos investigativos de movimento e composição cênica nas fronteiras entre dança, teatro, música, performance e improvisação, buscaram inspiração na geometria sagrada e na apreciação das formas que revelam ritmos, proporções, formas e padrões harmônicos. O trabalho dialoga com os estados mais profundos do ser, para trazer à tona a conexão com elos perdidos entre o atual e a ancestralidade.

“Breve Compêndio para Pequenas Felicidades e Satisfações Diminutas” reflete sobre a felicidade que habita os instantes, as frestas, as passagens.  A pesquisa parte de uma lista – breve compêndio – com vivências e experiências de como cada pessoa descobre, individualmente, o que é felicidade, e que se manifestam em cena. O Núcleo Mercearia de Ideias iniciou seu processo de pesquisa, em 2009, na sede do Balé da Cidade de São Paulo, sob o comando do coreógrafo e diretor artístico Luiz Fernando Bongiovanni. O trabalho da companhia parte da valorização do movimento descoberto nas possibilidades de cada intérprete dentro das propostas de criação e das ferramentas de improvisação.

As apresentações acontecem sempre às 19h, com entrada gratuita.
_____________________________________
Serviço:

Festival Contemporâneo de Dança
Dias 16 e 17 (quinta e sexta)
“A Emparedada da Rua Nova”
Com Eliana de Santana (E² Cia de Teatro e Dança)
Sala Ivonice Satie
Classificação: 14 anos
Duração: 50 min

Cartografia do Possível
Dia 16 (quinta)
“Imatéria”
Com: Cibele Ribeiro (Núcleo Cor de Amora)
Sala Plural
Classificação: Livre
Duração: 20 minutos

Dia 18 (sábado)
“Breve Compêndio para Pequenas Felicidades e Satisfações Diminutas
Com: Núcleo Mercearia de Ideias
Sala Ivonice Satie
Classificação: livre
Duração: 60 min
Centro de Referência da Dança de São Paulo – CRDSP
Baixos do Viaduto do Chá, s/n – acesso pela Rua Formosa (próximo às estações República, São Bento e Anhangabaú do Metro).
Informações: 32143249 | 953013769
Elaine Calux - assessoria de imprensa
11 64655686 |  33689940




FICHAS TÉCNICAS
“A Emparedada da Rua Nova”,
Direção Geral e interpretação: Eliana de Santana

Performer convidado, Criação de luz e Espaço Cênico: Hernandes de Oliveira
Trilha sonora e Figurinos: Eliana de Santana e Hernandes de Oliveira
Operação de luz e som: Rodrigo Eloi Leão
Produção: E² Cia de Teatro e Dança
“Imatéria”
Dança: Cibele Ribeiro
Luz: Guilherme Trindade 
Músico: Felipe Agnelli
 “Breve Compêndio para Pequenas Felicidades e Satisfações Diminutas
Direção: Luiz Fernando Bongiovanni
Assistência: Lumena Macedo
Coreografia: em parceria com o elenco
Elenco: Carolina Verzolla, Jode Manzato, Julia Lima, Fernanda Verardo, Manoella Brunelli, Carlos Araujo,  Jean Valber,  Rivaldo Ferreira. 
Iluminação: Lígia Chaim
Trilha Sonora: Sérgio Soffiatti
Vídeo: Osmar Zampieri
Operação de som e vídeo: Luiz Fernando Bongiovanni
Figurino: Nayara Saez
Cenografia: Oswaldo Lioi


Assessoria de Imprensa
Elaine Calux - assessoria de imprensa
11 64655686 |  33689940

Imagens
Fotografia  de Rodrigo Eloi Leão


A Emparedada+Eliana de Santana+foto de Rodrigo Eloi Leão 

Breve Compendio-Mercearia de Ideias

Imatéria-Nucleo Cor de Amora



Comentários