Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

VISUAL ARTV - PINA - DOMINIQUE GIGLIOT LE JUMELAGE (A geminação), 2018

VISUAL ARTV - Sesc Belenzinho recebe os espetáculos de dança ÉGUA e HIDEBEHIND em setembro



LogoVerbena-azul.jpg

Sesc Belenzinho recebe os espetáculos de
dança ÉGUA e HIDEBEHIND em setembro


Dois espetáculos de dança contemporânea são destaques na programação de setembro do Sesc Belenzinho, que também oferece várias outras atividades como aula aberta, vivência e oficina.

Nos dias 22 e 23/9, sábado (às 20h) e domingo (às 17h), as bailarinas e coreografas Josefa Pereira e Patrícia Bergantin apresentam a montagem Égua, que explora potencia animal para expor a força do feminino e questionar as contradições opressoras.

E nos dias 29 e 30/9, sábado (às 20h) e domingo (às 17h), Josefa Pereira protagoniza sua performance solo Hidebehind. O espetáculo é inspirado no monstro que habita florestas escuras e nunca pode ser visto ou ter a sua forma descrita.

Espetáculo: Égua
Com Josefa Pereira e Patrícia Bergantin
22 e 23 de setembro. Sábado, às 20h. Domingo, às 17h
Local: Sala de Espetáculos II (100 lugares)
Duração: 50 min. Não recomendado para menores de 18.
Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (credencial plena do Sesc: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes). Venda pelo Portal e unidades do Sesc.

A montagem Égua, segundo suas criadoras e intérpretes Josefa Pereira e Patrícia Bergantin, parte da potência animal do cavalo, quando afirmada a partir do gênero feminino: este outro/a estranho, o ‘segundo sexo’. A performance explora o ato de permitir-se contraproducente ou selvagem, como característica inata e persistente, colocando em movimento um campo de forças propulsoras e opressoras. Correr, comer, rosnar, lamber, rir, dormir, rastejar, recusar e intuir são verbos que colocam em cheque códigos de conduta e de subordinações/adaptações. A peça propõe movimentos para farejar resquícios de modos esquecidos de existir.

Em 2017, Égua foi premiada pelo 21º Cultura inglesa Festival, tendo sido apresentada na Galeria Olido, Teatro do Centro da Terra e Sesc 24 de Maio, dentro da Mostra Rumo ao Corpo Selvagem.

Ficha técnica - Concepção, direção e performance: Josefa Pereira e Patrícia Bergantin. Desenho sonoro: Luisa Puterman. Desenho de luz: Aline Santini. Colaboração visual: Manuela Eichner. Agradecimentos: Julia Feldens e Casa Líquida. Vídeo: https://vimeo.com/223737570 (senha: eguaestreia).

Espetáculo: Hidebehind
Solo de Josefa Pereira
29 e 30 de setembro. Sábado, às 20h. Domingo, às 17h
Local: Sala de Espetáculos (100 lugares).
Duração: 40 minutos. Não recomendado para menores de 18.
Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (credencial plena do Sesc: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes). Venda pelo Portal e unidades do Sesc.

Hidebehind é o monstro que habita florestas escuras e nunca pode ser visto ou ter a sua forma descrita. Por possuir a incrível habilidade de estar sempre escondido atrás daquele que ousa caminhar por florestas escuras ou mesmo atrás dos mais finos troncos de árvores, misteriosamente provoca o desaparecimento para sempre daqueles que consegue capturar. Este é o enredo do mais recente solo de dança da performer e coreógrafa Josefa Pereira.

Com passadas insistentes surge uma jornada em rodamoinho e ao revés. Ao caminhar e ser movida por este solo perigoso, entre polos aparentemente opostos - frente e atrás, começo e fim, presença e ausência, realidade e ficção, humano e inumano, norte e sul – a performance evoca um contínuo potencial, uma força cíclica para tensionar e friccionar extremidades estranhas.

Hidebehind foi concluído, em 2018, no âmbito do PACAP (Programa Avançado de Criação em Artes Performativas) com curadoria de Patrícia Portela, promovido pelo Fórum Dança (Lisboa, PT). A pré-estreia foi no Ciclo-Plex, em Portugal, sendo apresentado no Centro Cultural de Belém e Teatro Viriato.

Ficha técnica: Concepção e performance: Josefa Pereira. Desenho de luz: Aline Santini, Josefa Pereira e colaboração Daniel de Worm (PT).

Perfis

Josefa Pereira é performer e coreógrafa. Vive e trabalha em São Paulo. Dedica-se à criação autoral, desde a graduação em Comunicação das Artes do Corpo (PUC-SP), em torno de interesses como coletividade, presença e gestualidade, tendo o corpo campo de tensionamento estético e político. Sua trajetória é marcada pela colaboração com diversos artistas, companhias de dança e coletivos (Núcleo de Garagem e Ghawazee Coletivo de Ação). Seu interesse artístico é na produção e atuação em modelos de comunidade. É performer em Monstra, de Elisabete Finger e Manuela Eichner, e Deslocamentos, de Marta Soares. Em 2017 criou Égua junto de Patrícia Bergantin, com quem também articula a residência Contágio.

Patrícia Bergantin é artista da dança. Atualmente, dirige a residência Contágio e o trabalho de dança Égua, com Josefa Pereira. É performer de Monstra, de Elisabete Finger e Manuela Eichner. Em sua trajetória foi performer emGala, de Jerôme Bel, apresentou Duplos, a convite de Talita Florêncio e Thiago Salas, participou como convidada do Lote Osso e, em 2014, estreou Projeto para Exercício de Atenção, pelo Edital Site Specific do CCSP. Trabalhou na Cia. Perversos Polimorfos como assistente de direção de Shine e performer em Imagem-Nua e Outros Contos Ânsia. Trabalhou com Marta Soares, Jorge Garcia e em produções de Tino Sehgal, Angie Hiesl & Roland Kaiser e Yvonne Rainer. Formada em Balé Clássico pela Escuela Nacional de Cuba, também cursa de Letras da USP.

DANÇA – Outras atividades

Aula aberta: Evolução dos Ritmos - Evoludança
Até 30 de setembro. Domingos, às 16h às 17h20
Local: Sala de Expressão Corporal I. Livre. Grátis. Duração: 1h20
Semana Move 2018 - #SemanaMove2018 acontece no Brasil e países da América Latina e mostra ao público a importância de praticar esportes e atividades físicas

Aula aberta de dança envolvendo ritmos das décadas dos anos 60,70,80 e 90. A cada aula será abordado um ritmo que remete a uma década, possibilitando a experiência das pistas de dança e sua transformação ao longo do tempo.

Oficina: Encontro de Apreciadores
Com Josefa Pereira e Patrícia Bergantin
Até 27 de setembro. Quartas e quintas, das 15h às 19h
Grátis. Não recomendado para menores de 18.
Inscrições: mediante carta de interesse para oficinadedanca@belenzinho.sescsp.org.br.

Tendo como matéria as peças de dança Égua e Hidebehind, as artistas convidam o público a mobilizar práticas e discussões em torno do que é ser espectador. Além da contemplação estética, a proposta é investigar a apreciação enquanto aguçamento da reflexão. Durante 4 encontros, o grupo trabalhará questões como: os parâmetros de observação em torno de um objeto, como inventar outros modos de estar espectador, a possibilidade de partilhar ferramentas que permitam despadronizar nosso olhar. Com Joseja Pereira e Patrícia Bergantin.
Público: Apreciadores e interessados em dança.

Vivência: Mistura Brasil
Com Grupo Cangarussu
30 de setembro. Domingo, às 14h
Local: Sala de Expressão Corporal 2. Livre. Duração: 2h
Grátis. Vagas Limitadas - Senhas com 30 min. de antecedência no local.

A vivência propõe a troca de experiências espirituais, corporais e culturais em um jogo simbólico e rítmico entre os participantes. São apresentados ritmos e passos do maracatu, ijexá, samba de roda, côco, baião, congada, moçambique, samba reggae, samba afro, funk, salsa, surdo virado, guaguancó, yankadi, makru, sabar, entre outros. Grupo Cangarussu - Fundado há oito anos pelo músico baiano Giba Santana e reúne músicos, cantores e bailarinos que pesquisam - e poetizam - juntos à diversidade cultural da América Latina e da África, unindo e transformando musicalidades étnicas e de raiz.

SERVIÇO

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho – São Paulo (SP). Telefone: (11) 2076-9700
Estacionamento: Para espetáculos com venda de ingressos após as 17h: R$ 15,00 (não matriculado); R$ 7,50 (credencial plena no SESC - trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo/ usuário).


Assessoria de imprensa - Período: 15/07 a 02/12/2018
VERBENA ComunicaçãoEliane Verbena / João Pedro
Tel: (11) 2738-3209 / 99373-0181 - 
verbena@verbena.com.br

Sesc Belenzinho
Tel : (11) 2076-9762imprensa@belenzinho.sescsp.org.br
SESC SP | Facebook | Twitte

Comentários