Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

VISUAL ARTV - ‘Dança se Move Ocupa’ traz um mês de ações culturais na Funarte SP

‘Dança se Move Ocupa’ traz um mês de ações culturais na Funarte SP
Organizado por artistas da dança de São Paulo, evento dinamiza o complexo cultural da Funarte, com 26 apresentações de núcleos artísticos, seis debates sobre temas que envolvem a arte e a cultura na atualidade nacional, nove oficinas, JAM de Contato Improvisação, performances, lançamento de livros e sessão de cinema.
                                                                         Foto: Fellipe Oliveira (“situação 3# posição amorosa”)
Entre 11 de novembro e 16 de dezembro, a Funarte São Paulo acolhe o ‘Dança se Move Ocupa’, uma intensa programação artística proposta pelo Movimento A Dança se Move, organização independente da dança contemporânea paulistana, que reúne algumas dezenas de núcleos artísticos, que vêm produzindo pesquisa e obras sempre antenados com os acontecimentos no Brasil e no mundo. Mesmo sem nenhum tipo de apoio financeiro, durante as cinco semanas do evento, os artistas estarão mobilizados com apr…

VISUAL ARTV - SHOW - Tarancón lança DVD gravado ao vivo em show no Sesc Belenzinho


Descrição: Descrição: Descrição: LogoVerbena-azul.jpg
Tarancón lança DVD gravado ao
vivo em show no Sesc Belenzinho

Foto de Matheus Cavaliere

Descrição: Descrição: Descrição: Tarancon -foto de Matheus Cavaliere -1b.jpgSesc Belenzinho apresenta, nos dias 1º e 2 de setembro, sábado (às 21h) e domingo (às 18h) o show de lançamento do DVD Tarancón ao Vivo em São Luís do Paraitinga. O trabalho registra canções da carreira do grupo Tarancón, inclusive do antológico disco 3 Lugares Diferentes, lançado em 1987.

Com um repertório centrado no cancioneiro e folclore sul-americanos, há 45 anos, a banda cria uma ponte cultural entre a música brasileira e nossos povos irmãos, derrubando as fronteiras físicas e culturais pela diversidade musical. São 45 anos de história e nove discos lançados. A música do grupo explora os sons das matas amazônicas, dos pampas argentinos, dos altiplanos andinos e até do mar caribenho, grandes centros urbanos e pequenos povoados, com seus personagens e dramas, suas tradições e alegrias.

Tarancón em São Luiz do Paraitinga (selo Atração) é o primeiro registro para DVD do grupo. A gravação foi realizada na praça da cidade, numa madrugada fria do dia 14 de maio de 2016, durante a Festa do Divino. O repertório traz obras de Violeta Parra, Victor Herédia, Denise Emmer, Milton Nascimento, Chico César e outros, e músicas como Promessas de SolBoquita de CerezaCanción y HuaynoCzanto LunarMira IraCaldera e temas folclóricos da Bolívia, Chile e Argentina estão no repertorio. São canções que se tornaram clássicos pelas vozes e instrumentos musicais dos primeiros brasileiros latino-americanos.

No Sesc Belenzinho, o Tarancón se apresenta com a seguinte formação: Emílio de Angeles (flautas andinas, percussão e voz), Ademar Farinha (flautas andinas, violão, charango e voz), Maetê Gonçalves (voz), Jorge Miranda (baixo, charango e voz), Jonathan Andreoli (bombo leguero e percussão), Natália Gularte (cajón, efeitos percussivos e voz) e Jica Thomé (percussão e voz).

O grupo - O Tarancón é considerado a principal referência no Brasil na divulgação da música latino-americana. Sendo um dos precursores do estilo, iniciou nos anos 70, em meio à efervescência política e cultural da época, tendo contato com a música de Violeta Parra, Victor Jara, Atahualpa Yupanqui e Daniel Viglietti, e com os sons, instrumentos e ritmos dos países vizinhos de América Latina. Abrigou músicos chilenos, bolivianos, argentinos, espanhóis, que ajudaram a formar sua sonoridade, a partir da interação de suas influências culturais com as dos músicos brasileiros. Destaque para apresentações históricas no TUCA (1975) em shows com Mercedes Sosa, Peña de los Parra, MPB4, Chico Buarque, Milton Nascimento, Alfredo Zitarrosa, Paulinho Pedra Azul, Tita Parra e Chico César. Em 1985, participou do Festival dos Festivais, da TV Globo, junto com Míriam Miràh, Lula Barbosa e Placa Luminosa, fazendo com que as 30 mil pessoas presentes no Maracanãzinho (RJ) cantassem o refrão tupi-guarani de Mira Ira (Povo do Mel) - prêmios de melhor arranjo e segundo lugar geral. Seu primeiro disco, Gracias a la Vida, foi lançado em mais de 100 países. Representou o Brasil no Festival de Asilah, no Marrocos. O trabalho do Tarancón é regado a ritmos como huayno, tinku, taquirari, sanjuanito, bailecito e chacarera que são tocados por instrumentos típicos: quena (flauta ancestral), zamponha (flauta pan andina), charango (cordófono), bombo leguero (percussão), cajón afro-peruano (percussão).

Serviço

Show: Tarancón
Dias: 01 e 02 de setembro. Sábado, às 21h. Domingo, às 18h
Local: Teatro (392 pessoas)
Não recomendado para menores de 12. Duração: 1h30.
Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (credencial plena do Sesc: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes). Venda pelo Portal e unidades do Sesc.
Limite de venda de 4 ingressos por pessoa.

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho – São Paulo (SP). Telefone: (11) 2076-9700

Estacionamento: Para espetáculos com venda de ingressos após as 17h: R$ 15,00 (não matriculado); R$ 7,50 (credencial plena no SESC - trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo/ usuário).

Imagens                                                                                                                                                                                    
Tarancon -foto Matheus Cavaliere

Tarancon -foto Matheus Cavaliere



Assessoria de imprensa – Período: 15/07 a 02/12/2018
VERBENA ComunicaçãoEliane Verbena / João Pedro
Tel: (11) 2738-3209 / 99373-0181 - 
verbena@verbena.com.br

Sesc Belenzinho
SESC SP | Facebook | Twitter

Comentários