Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

GALERIA ROBERTO CAMASMIE DESTACA NOVA YORK EM MOSTRA DE FOTOGRAFIA

GALERIA ROBERTO CAMASMIE DESTACA NOVA YORK EM MOSTRA DE FOTOGRAFIA “New York, New York” apresenta o olhar de Marcello Barbusci e Thales Trigosobre aspectos humanos e urbanísticos desta cidade mágica, em imagens coloridas e em preto e branco

VISUAL ARTV - GALERIA ZERØ É INAUGURADA NA VILA MADALENA COM INDIVIDUAL DE AGUILAR




logo Galeria Zero (3).jpeg

GALERIA ZERØ É INAUGURADA NA VILA MADALENA COM INDIVIDUAL DE AGUILAR 

"Ossos e Asas 98” propõe a revisitação da mostra realizada há vinte anos em São Paulo, e busca estabelecer uma relação harmônica entre a consciência e a sobrevivência, perfazendo um paralelo com o momento de dualidades pelo qual o Brasil atravessa 


Galeria ZERØ abre suas portas na Vila Madalena, em São Paulo, sob direção de Pedro Paulo Coelho Afonso. A mostra inaugural, “Ossos e Asas 98”, do pintor, escultor, performer e artista multimídia paulistano José Roberto Aguilar, é composta por 36 peças - pinturas em acrílica sobre tela e esculturas de vidro –, e propõe uma revisitação à exposição homônima realizada pelo artista em 1998, apresentando uma nova série de trabalhos que não foram expostos naquela ocasião. Em meio a este momento de dualidades pelo qual o país atravessa, a individual explora o conceito de memória e busca estabelecer uma harmonia entre a dualidade consciência - representada metaforicamente pelas “asas” - versus sobrevivência - "ossos". 

Asas são sinônimos de consciência enquanto ossos são sinônimos de sobrevivência. Um não existe sobre o outro. Quando um impera sobre o outro, acontece o caos. É a mesma coisa da dicotomia 'raízes’ e ‘asas’. Muito arraigado ao solo, não tem voo. Sem raízes, o voo se perde no ar”, define José Roberto Aguilar. Vinte anos após a primeira exibição de “Ossos e Asas” e tudo que aconteceu nesse período, certa sincronicidade se faz presente nos dias atuais e confere um caráter contemporâneo a esta exposição: a necessidade absoluta de realizar uma síntese entre a sobrevivência e a consciência. “Entre a distopia e a utopia. Entre a violência e a empatia. Entre você e o outro. Entre asas e ossos”, nas palavras do artista.


Press release completo, anexo.



Ossos e Asas (5).jpg
José Roberto Aguilar, "Homem" (1997)



Evento: Inauguração da Galeria ZERØ  
Exposição: “Ossos e Asas 98 
Artista: José Roberto Aguilar 
Direção: Pedro Paulo Coelho Afonso 
Abertura: 07 de novembro de 2018, quarta-feira, às 19h 
Período: 08 de novembro a 07 de dezembro de 2018 
Local: Galeria ZERØ  
Endereço: Rua Simpatia, 23 – Vila Madalena - São Paulo/SP 
Horários: Segunda-feira a sábado, das 11 às 20h


Comentários