Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

VISUAL ARTV - PINACOTECA DE SÃO PAULO - PINA_ programação junho/2019

VISUAL ARTV - BARÓ GALERIA INAUGURA INDIVIDUAL DE MARIA LYNCH











PHOTO-2019-03-15-17-57-05.jpg


BARÓ GALERIA INAUGURA INDIVIDUAL DE MARIA LYNCH 


“Talismã: Uma Profecia da Cor” apresenta 20 obras coloridas e de composições marcantes, com temáticas alheias à realidade, inseridas em um universo essencialmente abstrato e conceitual 


Baró Galeria exibe “Talismã: Uma Profecia da Cor”, da artista visual brasileira Maria Lynch, com curadoria de Marc Pottier. A individual apresenta 20 obras – pintura acrílica sobre tela -, de estética colorida, rica em contraste e de composições marcantes, elementos recorrentes na produção da artista. Alheios à realidade, os trabalhos ocupam um universo essencialmente abstrato e conceitual, porém não inteiramente isentos da representação.

Em “Talismã: Uma Profecia da Cor”, o visitante se torna protagonista de uma realidade enquadrada, mas não um prisioneiro. Nos trabalhos expostos, produzidos entre 2018 e 2019, há ausência da figura humana. “As formas e os objetos abstratos podem ser tridimensionais em tecido, ela sabe como desenvolver ambientes em que o público entre no trabalho (...). Na galeria Baró, ela convida a você entrar em seu céu, um universo onde muitas esferas plásticas transparentes são colocadas livremente no chão, permitindo que cada um imagine seu itinerário ou altere a ordem desses planetas, da forma em que estão jogados aos seus pés”, diz Marc Pottier. Questionada sobre sua principal inspiração para esta individual, Maria Lynch comenta: “São várias de interesse e convergência. A pintura por si, por exemplo, o ato de pintar, o ato de criar um mundo imaginário, onde eu coloco uma elaboração simbólica desses signos que nos afetam. Ou seja, são afetos em forma de pintura. São pluralidades que me transformam, são máquinas-desejantes [em referência a Deleuze e Guattari], atualidades das possíveis corporeidades”.

Marc Pottier ainda destaca alguns trabalhos nos quais os fundos brancos desaparecem, e evocam a pintura "Talismã", obra-prima e de referência de Paul Sérusier, produzida no Bois d'Amour em Pont-Aven, em 1888, supervisionado por Gauguin. “Para continuar com ‘Talismã’, a conselho de Gauguin, o jovem Sérusier foi convidado a pintar o que sentia e não o que via, a ir ao misterioso centro do pensamento. Como ele, Maria Lynch apresenta uma obra que não é inteiramente liberada da representação, mas que a sublima”, comenta e conclui: “Um talismã é um objeto que tem sinais consagrados, aos quais são atribuídas virtudes de proteção e de poder. Para alguns, o talismã mantém sua força a partir das imagens que carrega. Forças astrológicas, invocações e encantamentos em um turbilhão de cores e imagens para interpretar, esta nova série de obras de Maria Lynch é um terreno fértil de reflexões para o espectador”. 

Press release completo, anexo.




talisma.3.jpg
Maria Lynch, Sem Título (2019)

 
talisma.1

talisma.2


Exposição: “Talismã: Uma Profecia da Cor 
Artista: Maria Lynch 
Curadoria: Marc Pottier 
Abertura: 30 de março de 2019, sábado, às 19h 
Período: 2 de abril a 18 de maio de 2019. 
Local: Baró Galeria – www.barogaleria.com 
Endereço: Rua da Consolação, 3417 – Cerqueira César - São Paulo/SP 
Horários: Terça a sexta-feira, das 10 às 19h | Sábado, das 11 às 19h 
Tel.: +55 11 3661-9770 



Zeca Florentino
---
Balady Comunicação
Tel.: 11 3814.3382

Comentários