Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

VISUAL ARTV - Com “Urbaninhas”, XII Visões Urbanas se despede da cidade

Com “Urbaninhas”, XII Visões Urbanas se despede da cidade
 “Sr. Calvino”, da Cia Artesãos do Corpo, que encerra o VU, em São Paulo, na Casa das Rosas.Foto Fábio Pazzini
Nesta sexta, dia 19 de abril, o XII festival internacional Visões Urbanas, que desde o início do mês vem espalhando dança em espaços abertos pela cidade, se despede de São Paulo com o “Urbaninhas”, uma programação voltada especialmente para o público infantil. Em um cenário não menos especial - os belos jardins da Casa das Rosas -, a partir das 11h, se apresentam o Grupo Caixa de Imagens, com a delicada boneca Gilda, em “Travessia”, seguido da criação de Lara Dau Vieira, “O Corpo no Desenho”, e por último, “Sr. Calvino”, da Cia Artesãos do Corpo, que concebe e produz o Festival anualmente. Na delicadeza de melodias executadas ao vivo por Carlos Gaúcho, a pequena boneca Gilda, de aproximadamente 10 cm, tem como cenário o vestido de quem a manipula - a atriz  Mônica Simões -, e quer dar uma flor para quem interagem com ela.…

VISUAL ARTV - MAS - MUSEU DE ARTE SACRA DE SÃO PAULO EXIBE ESCULTURAS EM PAPEL MACHÊ









MUSEU DE ARTE SACRA DE SÃO PAULO EXIBE ESCULTURAS EM PAPEL MACHÊ 

"Gente de Papel, de Madalena Marques, ocupa a Sala MAS/Metrô Tiradentes com peças que representam a paixão da artista pela arte do retrato, apresentando um amplo conjunto de figuras humanas conhecidas do grande público, além de referências históricas e construtivas que abordam as mais distintas áreas do saber 


Museu de Arte Sacra de São Paulo – MAS/SP, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, inaugura "Gente de Papel”, da artista visual Madalena Marques, com curadoria de Ana Cláudia Cermaria João Paulo Berto. A individual apresenta 64 esculturas em papel machê - outros materiais também são usados na produção das peças, como lã, metal, pedraria e tecido -, as quais representam a paixão da artista pela arte do retrato, trazendo um amplo conjunto de figuras humanas conhecidas do grande público, além de referências históricas e construtivas que abordam as mais distintas áreas do saber. 

Ao utilizar um material peculiar, Madalena Marques transita pela técnica, pelas manifestações culturais e pela história da arte, em uma mostra que busca aproximar os espectadores a elementos inerentes ao universo criativo da artista, marcado pelo experimental, pelos desafios e pelo conhecimento embasado na pesquisa, que orienta sua atuação e produção artística. Em “Gente de Papel”, o visitante se vê diante de esculturas de personagens como a escritora e poetisa Cora Coralina, a atriz Fernanda Montenegro, o cantor, compositor e artista visual Arnaldo Antunes, as cantoras Elis Regina e Marisa Monte, a modelo Gisele Bündchen, a cartunista e chargista Laerte, o estilista Ronaldo Fraga, entre diversas outras personalidades. Em seus dizeres: “Fazer uma miniatura de alguém que eu escolhi porque gosto é alimentar minha alma de energia, é a minha forma de expressar o meu amor a este universo… Acho que este é o papel da minha arte, trazer alegria aos corações de quem a vê”. 

Além dessa seleção de pessoas famosas brasileiras, o público é levado a um passeio pela história da arte ocidental, nacional e internacional, passando pelo Renascimento até o Modernismo brasileiro. Nove personagens femininas foram escolhidas por Madalena Marques para reforçar o papel da mulher no mundo artístico, seja como representada ou como produtora, levando em consideração também a riqueza de detalhes, elemento motriz para a mente criativa da artista. Aqui, são exibidas interpretações de obras icônicas como a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, os autorretratos “Manteau Rouge”, de Tarsila do Amaral, “Pensando na Morte”, de Frida Kalho, e da própria artista, entre outros 


Press release completo, anexo.




Gente de Papel.3.jpg
Madalena Marques, "Rita Lee" (2016)



Exposição: “Gente de Papel 
Artista: Madalena Marques 
Curadoria: Ana Cláudia Cermaria e João Paulo Berto 
Abertura: 6 de abril de 2019, sábado, às 11 horas 
Período: 7 de abril a 3 de junho de 2019 
Local: Sala MAS/Metrô Tiradentes - www.museuartesacra.org.br 
Estação Tiradentes do Metrô - São Paulo – SP 
Tel.: (11) 3326-5393 – agendamento/educativo para visitas guiadas 
Horários: Terça-feira a domingo, das 9 às 17h 
Ingresso: Grátis aos usuários do Metrô 


Zeca Florentino
---
Balady Comunicação
Tel.: 11 3814.3382











Comentários